Ícone telefone
Compre por Telefone
(31) 3275-1159
Ícone Envelope
Compre por e-mail
atendimento@lavetrina.com.br
Ícone Whats App
whatsapp
(31) 8692-2906
 
Logo Lavetrina
Os benefícios da drenagem linfática
0

03 de Março, 2015  | NOVIDADES | 0 COMENTÁRIO(S)


 

Imagine que nosso corpo funciona como uma grande cidade, que sofre com enchentes de vez em quando. Os gânglios são como os bueiros – eles levam embora o sangue com impurezas, porém, às vezes, podem entupir. É aí que entra o trabalho do massagista. 

Ao desentupir os “bueiros” que temos no corpo, o profissional acaba com a sensação de inchaço e expulsa tudo aquilo que não nos faz bem. Por isso, a drenagem previne várias doenças, varizes, deixa a pele mais limpa, sem acne nem manchas, e ainda diminui a celulite. Quando o procedimento é feito no rosto, atenua as marcas de expressão.

Quem pode se submeter a tecnica?

Qualquer mulher, principalmente as que se sentem cansadas com frequência e têm pernas e pés inchados e doloridos.”Por trabalhar junto com o sistema circulatório, a drenagem é indicada para pessoas que ficam muito tempo na mesma posição.

Vai doer?

Pode ser que você sinta desconforto, em especial onde existe celulite, mas avise o profissional. Já se sentir dor nos gânglios (axilas, virilhas, estômago e pescoço), algo está errado. Procure um médico para ter o disgnóstico profundo.

Quantas sessões é preciso fazer?

Assim como praticar exercícios físicos e ter uma boa alimentação, a drenagem deveria ser prática obrigatória na vida das pessoas, pois só faz bem para a saúde. Agora, quando falamos em massagens estéticas, o tratamento pode durar umas dez sessões e parar de ser feito assim que você conseguir resultados.

Emagrece?

A drenagem não é a única responsável pelo emagrecimento, mas ajuda, sim. “Ela atua na prevenção da celulite e faz o metabolismo trabalhar mais rápido”, conta Janaína. É por isso que a pessoa elimina o inchaço e se sente com tudo no lugar logo após as primeiras sessões.

Procure fazer a massagem sempre com um fisioterapeuta experiente, pois, quando malfeita, a técnica pode deixar você cheia de hematomas e dores no corpo. Se você procurou a drenagem depois de ter feito uma cirurgia, um profissional ruim pode causar o efeito contrário, gerando flacidez e piorando vasinhos e varizes.

  Saiba mais



A ditadura da beleza
0

12 de Janeiro, 2015  | NOVIDADES | 0 COMENTÁRIO(S)

Estamos convivendo com a mídia nos impondo diariamente uma ditadura da beleza, mas até que ponto isso é real? Porque a sociedade impõe que devemos ser magros? A maioria da população não se encontra nos padrões das modelos e atrizes da nossa atualidade. Uma minoria dita o que é belo. Mas quem realmente é belo? O que é a beleza?

A definição de beleza segundo o dicionário: qualidade do que é belo, agradável ou que desperta admiração. A beleza é uma experiência, um processo cognitivo ou mental, ou ainda, espiritual, relacionada à percepção de elementos que agradam de forma singular aquele que a experimenta. A beleza agrada a quem vê, muitas vezes não podemos definir o que achamos belo. Simplesmente nos sentimos bem em admirar certas formas, figuras, paisagens ou pessoas.

Os padrões humanos para definição de beleza são culturais, geográficos e temporais. Uma mulher considerada bela antigamente, não necessariamente estaria nos conceitos de beleza de hoje. Porque antigamente preferia-se uma mulher com uma silhueta mais cheia. Na Grécia antiga as esculturas das mulheres sempre aparecem mais gordinhas como diríamos hoje em dia. Mesmo nas décadas de 40 e 50 os ícones da beleza, como Brigitte Bardot e Marilyn Monroe, talvez, hoje nem passariam numa seleção como modelo.

   

                                                                              Brigitte Bardot e Marilyn Monroe

Os padrões de beleza mudam. O que é belo aqui, talvez em outra cultura não seja. Alguém comum num local pode ser considerado belo num outro país. Ou, alguém que não lhe pareça bela para você, às vezes para seu colega ao lado seja a mulher mais linda que ele já viu! Como diria um poeta: A beleza está nos olhos de quem a vê.

Matematicamente consideramos belo algo harmonioso. Um rosto bonito normalmente apresenta uma simetria. Porém não podemos dizer que somente quem possui tais medidas é belo. A modelo Gisele Bündchen não entra nesse conceito, mas quem tem coragem de dizer que ela não é linda? O conceito de beleza é subjetivo.


Giselle Bundchen

O que leva todo mundo a esta ditadura da beleza? Todos sentem necessidade de aceitação. As mulheres querem ficar bonitas para arranjar um namorado, casar e ter filhos e para se sentirem felizes. Os homens estão se cuidando cada vez mais também. Hoje, o conceito de beleza da magreza vem fazendo as pessoas viverem em dietas, academias e recorrendo aos cirurgiões plásticos. Estamos vivendo num mundo em que uma minoria é magra e dita os conceitos de beleza, a maioria está fora do padrão considerado belo e faz de tudo para alcançá-lo.

O belo é aquilo que agrada. A partir do momento que se começa a usar produtos, cirurgias, e tratamentos estéticos prejudiciais a saúde se desenvolve uma mentalidade que não é saudável, cria-se uma inversão de valores.

Hoje em dia vemos mulheres na televisão com corpos esculpidos na academia às custas de esteróides anabolizantes, remédios para emagrecer, cirurgias de risco e excesso de tratamentos estéticos. Muitas vezes as fotos das revistas mostram mulheres aparentemente perfeitas as custas de muito photoshop. As leitoras buscam um padrão de beleza que nem sequer existe.
 

 

Não estou dizendo para deixar de se cuidar ou que devemos ser magros. Se você não se sente incomodada, tudo bem! Quem é que não gosta de receber um elogio? Saber que está bonita? Se cuidar é essencial! Desde que não ultrapasse os limites da saúde. Lembrem-se que a beleza encanta nos primeiros cinco minutos, depois é preciso ter algo mais: simpatia, inteligência, bondade, espiritualidade, alegria de viver e felicidade. Felicidade transparece beleza!

  Saiba mais



Cuidados com o cabelo no verão
0

23 de Dezembro, 2014  | NOVIDADES | 0 COMENTÁRIO(S)

Para manter o cabelo lindo e saudável é preciso ter certos cuidados o ano todo. No verão estes cuidados devem ser dobrados pelos diversos fatores que agridem os cabelos durante a estação. A La Vetrina ajuda você a manter o cabelo impecável, apesar dos danos que podem ser causados pelo sol, mar, piscina e outros fatores caracteristicos desta epoca do ano. 

1. O que acontece com os fios muito expostos ao sol? 

Eles ficam muito frágeis, separando as células que formam a cutícula do fio, fazendo que os desidratem, fiquem quebradiços, opacos e, às vezes, amarelados. Para fugir desse problema, é importante lembrar que o cabelo também deve ser protegido do sol, com uso de chapéus, bonés além da não exposição no período de pico do sol. Pode-se usar um creme leave-in com protetor solar.

2. Por que os cabelos claros ficam esverdeados? Como tirar essa cor esverdeada do cabelo? 
 

O que deixa o cabelo esverdeado é o cobre (não o cloro), presente nas piscinas. Ele é desprendido na água pela tubulação que leva água à piscina. Se isso acontecer o ideal é lavar os cabelos abundantemente com uma colher de vinagre em um copo de água.

3. Os cabelos tingidos e descoloridos são os mais atingidos pelo desgaste causado pelo sol? 

Sim. Os cabelos que já sofreram algum processo químico, já tiveram as células da cutícula capilar fragilizadas e separadas, os que os tornam mais propensos as agressões solares. 

4. Qual cuidado devo ter depois do banho de mar ou piscina?


Lave com água em abundância. Use, além do xampu, um condicionador específico para seu tipo de cabelo. Se o cabelo for naturalmente seco é válido complementar com um creme hidratante pós-lavagem. 

5. Faz mal lavar o cabelo todo dia? 


Não, desde que seja bem secado. Cuidado com movimentos bruscos de secagem e não penteie muito com eles ainda molhados. Isto pode quebrar os fios e soltá-los da raiz. 
 

6. Quais os produtos indicados para o cabelo no verão? 



Linha Morroccanoil


Shampoo, Condicionador e máscara Senscience


Kit Aussie



L'oreal Expert Vitamino Color



Kerastase Bain Aprés Soleil
 


Um bom xampu, específico para cada tipo de cabelo, associado ao condicionador e, no caso dos cabelos quebradiços, ressecados, tingidos ou frágeis, o uso semanal de uma máscara capilar. 

7. Por que aparecem as pontas duplas? 

As pontas duplas ocorrem devido ao hábito de pentear os cabelos frequentemente, ainda mais com os fios molhados. Isto fratura os fios, deixando-os abertos na extremidade.
 

  Saiba mais



Maquiagem certa para o fim de ano
0

17 de Dezembro, 2014  | NOVIDADES | 0 COMENTÁRIO(S)

O Fim de ano chegou e chegaram também as festas, encontros e confraternizações. É preciso comprar roupas novas e investir no visual.

Como toda mulher sabe, nenhuma produção fica completa sem uma bela maquiagem. A La Vetrina dá dicas simples e rápidas para você arrasar tanto na noite de Natal quanto na noite de Ano Novo.

 

O Natal é uma festa familiar e pede uma produção mais informal onde menos é mais. Faça uma maquiagem mais básica, sem exageros, apenas para ficar bonita nas fotos.
 



Sugerimos uma base de textura fina, apenas para corrigir leves imperfeições.
 

                 

                              Lingerie de Peau da Guerlain                                   Base Pro Long Wear da MAC


Não se esqueça do rímel. Ele abre o olhar e dá um efeito incrível. 
Lembre-se da famosa modelo Twiggy, que virou ícone na década de 1960, com cabelos curtinhos e um olhar forte, realçado com rímel.

 


A sombra deve ser clara em tons pastéis. Se quiser, cabe usar um leve brilho para iluminar o olhar.
 


Olívia Palermo sempre linda e elegante também apostou no look "menos é mais"

A boca pode ser um batom em tons pastéis para um look bem clean ou até vermelho para quem precisa de um diferencial. Cabe usar um pouco de gloss quem gosta.

 


A bela Alessandra Ambrósio apostando no gloss como finalizador da maquiagem

A produção natalina deve ser rápida, simples e bonita. No mais, valorizar as sobrancelhas e aplicar um blush ou pó bronzeador para dar um ar saudável.


 

   

       
           Terracota Four Seasons da Guerlain                     Powder Blush da MAC




Em breve daremos dicas para maquiagens mais ousadas. Aguardem! 

  Saiba mais



Manchas na pele
0

31 de Outubro, 2014  | NOVIDADES | 0 COMENTÁRIO(S)

 

 
Existem diversas formas de manchas na pele. Elas podem se manifestar como melasmas (marcas castanhas e irregulares), mancha senil (manchas marrons, arredondadas e de diversos tamanhos), sarda branca (mancha branca de um a cinco milímetros em forma de gota ou redonda), dermatite de contato (alergia de agente irritante) e outras. 
 
Se a intenção é se livrar das manchas, a dica é: quanto antes começar o tratamento, maiores são as chances de sucesso. A prevenção também é importante, nunca esquecendo de passar protetor solar no mínimo SPF 15. Para cada mancha é recomendado um tipo de tratamento, lembrando se sempre consultar o seu dermatologista.
 
Manchas de envelhecimento:
 
O envelhecimento cronológico deixa a pele mais vulnerável a pintas e manchas localizadas. Com o passar dos anos, o organismo vai perdendo a capacidade de filtrar as células defeituosas, reduzindo a capacidade de defesa contra o Sol. A radiação cumulativa é guardada na memória da célula durante décadas. Exemplos clássicos de são as melanoses actínicas, sardas brancas nas pernas e antebraços, avermelhamento na lateral do pescoço e lesões pré-cancerosas.
 

Manchas causadas por lesões:

São exemplos a acne, as queimaduras e machucados. A princípio são roxas ou rosadas podendo se tornar castanhas, pois o organismo deposita melanina nos locais de inflamação, principalmente em pessoas morenas.

 

Manchas em áreas sensíveis:

Geralmente, são dermatites de contato causadas pelo uso do desodorante ou da depilação. Aparecem em áreas como as axilas e na parte interna das coxas.

Manchas causadas pela gravidez:

Durante a gravidez, podem aparecer manchas, pois as mulheres ficam mais suscetíveis devido à variação hormonal e à predisposição genética.

 

Manchas de melasmas:

São manchas castanhas que aparecem na região da face. Geralmente, surgem de uma combinação entre predisposição genética e exposição solar. O melasma pode estar relacionado também, com o uso de anticoncepcionais ou com o período de gestação.

Manchas do Sol:

São manchas de cor castanha, em tons claros ou escuros e de tamanho variável. Geralmente, aparecem a partir dos 40 anos, tendo como principal causa o fotoenvelhecimento da pele, causado pela luz do Sol.


Tratamentos:

Laser de CO2 fracionado: é um instrumento que atua no combate aos sinais cutâneos causados pelo envelhecimento, exposição em excesso aos raios solares e outros fatores. Seu mecanismo de ação permite que seja feita a dermoabrasão com uma profundidade muito bem calculada. Atua por meio da fototermólise seletiva onde as células atingidas são elevadas a uma temperatura de 100 graus causando a evaporação das mesmas.

Ácido retinoico + hidroquinona: as fórmulas feitas com estes dois componentes são bastante usadas, sendo que a concentração de cada um será dosada de acordo com o tipo de pele, profundidade da mancha e outros fatores individuais. Essas quantidades apenas podem ser definidas após análise do dermatologista. Em alguns casos, recebem corticóides para aumentar a eficiência das fórmulas. Os efeitos colaterais são descamação e pele levemente rosada. Eles devem ser aplicados à noite e de preferência no inverno.


Microcauterização: É um dos métodos mais eficientes e simples para tratar manchas na pele como sardas escuras e claras, melanoses (manchas localizadas), queratoses actínicas e pintas superficiais. Um aparelho com ponta finíssima e quente é aplicado em cima de cada lesão, de modo que a carga elétrica despejada causa destruição da mancha indesejada.O processo pode ser feito em qualquer tipo de pele. 

Neve Carbônica: Ideal para loiras e ruivas, este método é quase indolor e consiste numa ponta congelada de um aparelho, aplicada sobre as lesões, que são destruídas devido ao frio intenso. 

Amelan: A aplicação é feita no consultório pelo dermatologista e com recomendações. Este método é usado para tratar de manchas na pele como melasmas e cloasmas. Ocorre uma leve descamação e vermelhidão que podem ser disfarçadas com o uso de protetor solar e hidratante.

Laser Quantum: É usado para resolver as manchas avermelhadas do pescoço que representam um problema de difícil resolução. É útil também para melanoses.

Laser de Rubi: Esta variação do comprimento do laser é bastante usada para minimizar sardas escuras.

Peeling para manchas: Por meio de agentes químicos ou físicos, o peeling esfolia a pele envelhecida ou doente, formando uma nova camada de pele saudável e lisinha. O peeling pode ser superficial, médio ou profundo, dependendo do dano a ser tratado. As variantes do processo são os agentes químicos e o número de sessões necessárias para eliminar as manchas.

 

 
Spectra: É um laser que elimina manchas marrons variadas e o melasma em especial. O aparelho emite pulsos de luz ultrarrápidos e sua energia é absorvida pelos melanócitos, células que produzem o pigmento escuro, a melanina.
Isso faz com que a produção e a distribuição desse pigmento fiquem mais controladas. "O processo vai ocorrendo progressivamente, conforme as sessões, dez ao todo, se sucedem.

 
 
  Saiba mais



 1  2  3  4 Próxima
Página 1 de 4
follow us
Facebook Instagram
marcas
2 follow
archives
2017
INSTITUCIONAL
AJUDA E SUPORTE
CONTATO
Telefone
Divisória
atendimento@lavetrina.com.br
Divisória
* Atendimento por telefone
Segunda a Sexta , das 8h as 18h

Av. Prudente de Morais, 901/sala 204
Bairro Santo Antônio - Belo Horizonte/MG
CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER
Copyright La Vetrina 2012 - Todos os direitos reservados
Facebook La Vetrina Twitter La Vetrina Feed La Vetrina